Prémio Atores de Cinema com jornadas para jovens atores e sessão sobre fundos europeus para a cultura

PUB

O Prémio Atores de Cinema da Fundação GDA está de regresso ao formato presencial, depois de um ano de interrupção devido à pandemia da Covid-19. A cerimónia de entrega de prémios será durante a noite de 7 de dezembro e, durante o dia, decorrerão as “Jornadas para o Ator”, destinadas a aproximar os jovens atores do mundo do audiovisual. Haverá ainda uma sessão #makethemost dedicada à partilha de conhecimento sobre formas de acesso aos fundos europeus para a cultura.



“Jornadas para o Ator”: 
Duas sessões em simultâneo que prevêem um encontro com 3 atores (Alexandra Lencastre, Ângela Pinto e Virgílio Castelo) e outro com 3 realizadores (Cláudia Varejão, João Maia e Margarida Gil) experientes. Nestes encontros com atores e realizadores serão abordados os problemas com que os jovens atores e estudantes de interpretação se deparam ao tentar entrar no mundo do cinema, do teatro e da televisão. Ao mesmo tempo, o objetivo é potenciar encontros com realizadores para trocas de conhecimento mútuo, uma espécie de conversa/aprendizagem, numa altura em que o mercado do audiovisual em Portugal se expande.


Sessão sobre fundos europeus para a cultura:
O projeto #makethemost pretende proporcionar motivação, conhecimento e a capacidade de detetar oportunidades de financiamento para projetos artísticos e culturais. Ao facilitar o acesso à informação sobre gestão de projeto e financiamento europeu, a Fundação GDA tem a ambição de incentivar a internacionalização e o desenvolvimento de projetos que reflitam o enorme talento dos artistas portugueses.

Para além dos artistas que irão ser premiados este ano, será também homenageado o trabalho dos nove atores e atrizes galardoados remotamente no ano passado. A 14ª edição deste prémio que presta homenagem pública ao trabalho de interpretação dos atores portugueses – e cujos júris anuais são exclusivamente compostos por atores – terá lugar no dia 7 de dezembro no Teatro da Trindade, em Lisboa. 
Almeno Gonçalves, Luísa Cruz e Teresa Faria são os jurados da edição deste ano.

“Este ano regressamos felizmente à celebração presencial, sinal de que estamos a voltar à normalidade e à retoma das iniciativas culturais já com público”, afirma Mário Carneiro, diretor-geral da Fundação GDA. “Fazemos questão de homenagear, não apenas os premiados desta edição, mas também os que no último ano não tiveram a oportunidade de serem honrados numa cerimónia pública”. No ano passado, não tendo a possibilidade de realizar a cerimónia de entrega de prémios presencialmente, a GDA decidiu atribuir três prémios por cada categoria, ao invés de um, como é habitual.

PUB IMDENTALCARE