«Innovation District» nasce em Almada e cria 17 000 empregos

PUB

Nota de Imprensa da CM de Almada

É um dos mais importantes projetos dos últimos anos em Almada e na Área Metropolitana de Lisboa. O «Almada Innovation District» envolve mais de 800 milhões euros de investimento e a criação de 17 000 empregos nas zonas do Monte de Caparica e do Porto Brandão.

Foi hoje, 17 de março de 2021, apresentado publicamente um dos mais importantes projetos dos últimos anos em Almada e na Área Metropolitana de Lisboa: o «Almada Innovation District».

Impulsionado pela Câmara Municipal de Almada (CMA), que congregou num objetivo comum de desenvolvimento territorial a Universidade Nova de Lisboa e diversos investidores privados, este projeto envolve mais de 800 milhões de euros de investimento nas zonas do Monte de Caparica e de Porto Brandão e integra uma área total de 399 hectares de intervenção (bastante superior, por exemplo, à desenvolvida por ocasião da Expo 98).

O objetivo é criar nestas zonas uma nova centralidade dedicada à inovação, ao conhecimento e à tecnologia, por via de um projeto conjunto de diversas entidades públicas e privadas.

Além da criação de infraestruturas turísticas e públicas como, por exemplo, a reabilitação de Porto Brandão e a extensão do Metro Sul do Tejo até à Costa da Caparica, o «Almada Innovation District» prevê ainda a criação de 1000 novos fogos habitacionais e o desenvolvimento de atividades económicas que contribuirão para a criação de 17 000 novos postos de trabalho.

O «Innovation District» será uma nova cidade, moderna e sustentável, voltada para o mundo e concebida de acordo com os objetivos definidos pelo desenvolvimento sustentável até 2030 e pela neutralidade carbónica em 2050, integrando um conjunto de soluções ambientais inovadoras.

O projeto prevê a criação de uma comunidade energética com produção própria, sustentável e neutra em carbono, estruturando o desenvolvimento urbano em torno dos parques verdes e integrando, também, métodos e soluções de construção ecológicas e sustentáveis.

Inês de Medeiros, presidente da CMA, considera o projeto estruturante para a afirmação de Almada «enquanto polo de inovação e de criação de soluções de sustentabilidade inovadoras, assumindo também um papel de projeção de Portugal a nível internacional».

PUB IMDENTALCARE